Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

DESCUBRA O SEU PERFIL EMPREENDEDOR E COMO VOCÊ PODE MELHORAR

Meu Perfil Empreendedor
Quero descobrir meu perfil empreendedor para ampliar minhas possibilidades de conquistas.

 

Descobrir seu perfil empreendedor vai facilitar sua jornada para conquistar o que deseja.

Bem, esse é um assunto que muitos acham complexo, só que vou te mostrar a simplicidade de como mudar seu modo de pensar pode transformar sua vida, seus planos e também construir sua realização profissional e pessoal.

Quando procuramos debater sobre aquilo que ninguém parou para analisar e refletir é muitas vezes mal interpretado e pré-julgado no quesito: “O que você sabe da minha vida para dizer que estou incomodado com alguma coisa?

Bom, posso te garantir que nada sei e que isso é um problema seu. Correto?

Mas tenho muitos amigos, parentes e conheço novas pessoas que não vivem, apenas sobrevivem um dia após o outro, matam um leão por dia e se programam para matar outro no dia seguinte.

São sobreviventes do mundo moderno e do tempo cada vez mais implacável, veloz e impiedoso que não te dá a chance de errar. Sobreviventes predestinados a levar uma vida sem arriscar e egoísta consigo mesmo de não tentar, pelo menos uma vez, a ser criativo e gerar sua própria renda para não ser taxados por aqueles que vivem e arriscam um pouco mais.

Quando falo taxados quero dizer avaliados, ter uma etiqueta registrando o quanto você vale, ser remunerado pelo valor de mercado e não por quanto você se valoriza. Isso é mais comum e mais aceito pelo fato de ser considerado normal e dentro das normas de sobrevivência.

Agora, eu vou tentar mostrar a você que isso pode mudar, independente da sua idade ou classe social. Apenas reflita em tudo que fez e conquistou, junte tudo, coloque em uma balança e faça uma análise se valeu o esforço e se você satisfeito com o resultado.

Quando você refletir e chegar a uma conclusão só terá dois resultados, estou satisfeito ou não estou satisfeito. Caso esteja satisfeito, maravilha, meus parabéns e siga em frente que a felicidade é diferente para cada um, nem precisa continuar a essa leitura porque pode mudar o seu ponto de vista.

Agora, caso esteja insatisfeito, é um aviso de que você precisa fazer algo para dá sentido à sua trajetória nesse plano, sua atitude tem que mudar e você tem que fazer algo diferente para ter resultados diferentes. Mude o seu ponto de vista e olhe o horizonte mais de cima, saia do quadrado e busque se atualizar e não ser mais um.

Um pouco da minha história.

Quando conto um pouco da minha trajetória percebo que algumas pessoas ficam impressionadas e outras duvidam, acham que sou apenas um sonhador e só enxergam aquilo que querem enxergar. Mas não me diz nada, sei onde quero chegar e nada que faço é por acaso, prefiro me arrepender por aquilo que fiz do que por aquilo que deixei de fazer.

Desde meus 6 anos de idade, pelo menos o que me lembro, sempre fui muito interessado em saber como gerar minha renda. Tive uma infância difícil, mas feliz, nunca fui tão exigente com meus país para ter aquilo que sabia que não tinha condições. Vivenciei momentos de controle financeiro, ou seja, chegava dia 15 de cada mês e escutava muito a palavra “retranca”, mesmo sem saber o que significava.

Mas com o tempo compreendi o que era retranca, era economizar para esticar o salário do meu pai, que era a única fonte de renda da família. Isso ficou gravado em minha infância e, mesmo com pouca idade, tentava ver o que eu podia fazer para ter o meu próprio dinheiro.

Comecei a juntar moedas de CR$ 1,00 (um cruzeiro) e CR$ 0,50, dinheiro da época, e assim fazer a minha economia para iniciar o meu negócio. Creio que muitos de vocês que estão lendo esse post não conheceram o Cruzeiro e menos ainda a inflação de verdade. Inflação que consumia o valor do dinheiro, de manhã era um preço e a tarde outro nos mercados, etiquetas de preço uma por cima da outra e uma corrida nos corredores do mercado para pegar os produtos antes de serem remarcados, pois, valia o preço impresso.

Uma época boa, eu tinha meus sonhos mesmo com pouca idade e já fazia meus cálculos do quanto podia ganhar, claro matemática simples. E assim iniciei meu primeiro negócio comprando uma caixa de Mirabel, quem tem mais de 45 anos conheceu, hoje são biscoitos de Wafer. Pedi ao meu pai para calcular por quanto poderia vender a unidade, cheguei ao preço de CR$ 0,50 (cinquenta centavos), arrumei uma caixa de sapato, coloquei um barbante para pendurar no pescoço e parti para as vendas.

Com 6 anos, pequenino e com um amigo um ano mais novo, iniciei as vendas nas ruas ao entorno de minha casa, tranquilo, naquela época não tinha a violência de hoje em dia. Saia para as vendas sempre a tarde, porque estudava na parte da manhã, e em meus primeiros dias vendi toda a caixa, tive o meu lucro e refiz o investimento em mais Mirabel. Meu lucro era de 100% e isso foi a minha primeira experiência empresarial.

Essa experiência mudou a minha forma de ver a vida, ou, eu já nasci empreendedor ou mudei com essa atitude, pois, nunca assinei carteira de trabalho e sempre gerei a minha própria renda.

Foi apenas o início, com uns 9 anos já revendia fogos de artifício, vendi sorvete, fui corretor de imóveis, abri uma pequena gráfica rápida, abri a minha primeira empresa e sigo até hoje arriscando e seguindo o meu caminho. Mas o que mais importa, tenho a experiência de várias tentativas e um ano diferente do outro, sim, experiência não é anos fazendo a mesma coisa, isso é duplicação.

Porque resumi um pouco da minha vida? Para você compreender que as vezes somos empreendedores natos, já temos o espirito de empreender e o que faz a diferença é colocar em prática e ascender essa energia.

Agora, creio que você esteja pensando que não é o seu perfil? Nada haver contigo?

Veja, te respondo sem medo de errar. Ninguém nasce empreendedor, são situações que ocorrem na vida que forjam o seu perfil. E se são situações que ocorrem em nossas vidas as responsáveis pela formação do nosso perfil, então, a qualquer momento você pode traçar e definir esse perfil empreendedor, basta arriscar em alguma oportunidade, independentemente de sua idade hoje

E é isso que vou descrever a seguir.

Como trabalhar um perfil empreendedor?

Primeiramente venho comunicar que tudo depende exclusivamente de você, sim, você é o ator principal nesse filme chamado VIDA. Nada acontece por acaso, para tudo é necessário preparar-se e principalmente ter a atitude para mudar e crescer.

Quando pergunto a uma pessoa se ela se acha empreendedora, na maioria das vezes essa responde que não sabe ou que sim, mas pouquíssimas vezes diz não. Porque essa poucas vezes a resposta é não? Simples, é que a maioria no fundo tem uma vontade de empreender, ser dono do próprio negócio, e se no fundo a vontade é essa fica fácil lapidar um perfil de empreendedor.

Vamos por etapas, você precisa antes saber algumas características que um empreendedor possui, são essas:

1 – São pessoas positivas, não ligam para os que outros pensam e falam de suas atitudes;
2 – Não possuem medo de errar, pois, o erro faz parte do cotidiano;
3 – São mais ouvidos do que boca, ou seja, aprenderam escutar mais do que falar sem necessidade;
4 – Estão sempre antenados nas novidades e necessidades que surgem a cada dia;
5 – São muitas vezes pessoas inquietas, nunca estão satisfeitas com o que tem e por isso buscam sempre melhorar;
6 – Possuem o poder de persuasão, sabem como serem aceitos e conseguem muitos seguidores;
7 – São criativos, desenvolvem meios para atingirem seus objetivos ou desenvolver algo inovador;
8 – Estão atrás de resultados, sempre procuram traçar metas e planejar suas investidas;
9 – Não se entregam ao fracasso, sabem que fracassar é o caminho do sucesso;
10 – Costumam não se arrepender daquilo que tentaram fazer e não deu certo, mas possuem medo do arrependimento por não ter tentado.

Entre outras…

Para você ser um empreendedor não precisa ter todas essas características, praticamente é quase que impossível uma pessoa ser tudo isso. Mas basta possuir algumas e as outras podem ser adquiridas no decorrer de sua trajetória ou não.

O importante é mudar sua maneira de pensar, começar a praticar algumas investidas no mundo do empreendedorismo e arriscar sem medo de fracassar. Então, como citei anteriormente, só você está no controle de sua vida e se realmente pretende ser um empreendedor é necessário mudar algumas crenças.

– Como você se vê profissionalmente?

– Você tem coragem de arriscar o seu emprego para iniciar um negócio próprio?

– Como se sente, realizado ou ainda falta algo a ser conquistado?

– Você tem medo de fracassar?

– Você dá ouvidos aos que outros falam e pensam do seu jeito de ser?

– Você está pronto para aprender e ser ensinável?

– Como pretende se preparar para o sucesso?

– Está preparado para trabalhar mais, sem descanso, sem horário e com responsabilidades?

Por fim…

– Quer realmente conhecer o seu perfil empreendedor?

São essas perguntas que você deve responder para si mesmo, não precisa se expor, com sinceridade e tranquilidade. Essas perguntas vão abrir a sua mente para iniciar um processo de mudança e preparação, você vai se conhecer mais e saber que é possível mudar o seu perfil, basta querer.

Agora vou descrever cada uma das características citadas acima.

1 – São pessoas positivas, não ligam para os que outros pensam e falam de suas atitudes.

Todo empreendedor de sucesso é extremamente positivo, não estão focados em sua imagem perante aos outros e sim em seu objetivo. Se você possui essa característica é quase certo de se tornar um bom empreendedor.

Procure conhecer um pouco mais de você, observe como você reage quando é criticado e se sua atitude é recuar ou fechar os olhos para seguir em frente e mostrar que você sabe para onde vai.

Uma pessoa positiva sabe lidar com as objeções dos outros, não se limita a reclamar ou mudar de rumo, pelo contrário, é confiante em suas decisões e demonstra personalidade de liderança.

Um bom caminho para você mudar o seu destino, caso for muito negativo, é começar o dia agradecendo e, antes de dormir, agradecer novamente pelo dia que passou. Assim verá que a cada dia será melhor que o outro, e que sua mente estará mais aberta para novas ideias e soluções.

Então comece a mudar o seu estado de humor, seja positivo e não se deixe levar pelas lamentações daqueles que estão a sua volta.

2 – Não possuem medo de errar, pois, o erro faz parte do cotidiano.

Errar é humano, todos nós erramos e vamos continuar errando. Agora, não tenha medo de errar e se errou basta não repetir o mesmo erro. Poucos são aqueles que não tem medo do erro, a maioria tem pavor de errar, pois, errando é bem capaz e ser criticado. Você pode acertar 9 de 10 vezes, se errar apenas uma vez as pessoas não vão ver os acertos e sim o seu erro, é fato.

Para iniciar um negócio, esteja certo que terá que fazer várias tentativas e ajustes. Nenhuma empresa surgiu 100% correta, todo crescimento foi uma soma de experimentos, acertos e erros que juntos traçaram o que é hoje.

Essa característica não nasce com a pessoa, pelo contrário, é consolidada quando você percebe que errou, errou novamente e isso se tornou normal e nada aconteceu. Com os erros, você notou que aprendeu mais, amadureceu mais suas ideias, tornou-se capaz de resolver problemas e por fim perdeu o medo de errar.

Dessa forma fica fácil de saber se é possível você trabalhar esse lado do medo de errar e melhorar o seu perfil empreendedor.

3 – São mais ouvidos do que boca, ou seja, aprenderam escutar mais do que falar sem necessidade.

O erro é a achar que quem muito fala é aquele que mais impressiona.

O segredo dos empreendedores de sucesso é justamente ouvir mais do que falar. Quando estamos em um processo de negociação, falar pouco e no momento certo é crucial para um bom fechamento. Quando você fala demais sem querer você pode deixar de fechar um bom negócio, só pelo fato de expressar algo que não devia.

Agora, uma pessoa que fala pouco e escuta mais está mais atenta aos detalhes, responde sempre com perguntas, se não domina o assunto o outro não fica sabendo e consegue que o outro fale o que precisa para se fechar um bom negócio, ou seja, o oponente entrega o trunfo que você precisava para tomar uma decisão.

E por outro lado, quem é mais “ouvidos” aprende mais e não passa informações com facilidade para os concorrentes.

Quase todas as pessoas, quando estão de frente a uma situação de negociação, entrevista ou até mesmo conversando, procuram “falar pelos cotovelos” para mostrar que dominam o assunto. E é aí que perdem, pois, em algum momento podem não dominar totalmente o assunto e não transmitirem segurança.

Já quem pouco fala, sabe disso, se por acaso ele não dominar o assunto ninguém vai ficar sabendo e no final ainda é elogiado. Sim, elogiado, lembra que quase sempre ele responde uma pergunta com outra pergunta. Dessa forma, além de participar da conversa ainda irá aprender sobre aquilo que está sendo conversado, sem criticar e nem cair em polêmica.

Essa característica está presente na maioria dos empreendedores de sucesso, observe ao seu redor se conhecer um.

Caso você seja uma pessoa que saiba escutar mais do que falar, excelente, agora só basta saber usar isso a seu favor.

4 – Estão sempre antenados nas novidades e necessidades que surgem a cada dia.

Ficar em estado de atenção para tudo que ocorrer ao seu redor é fundamental para quem quer ser um empreendedor de sucesso. Essa atenção deve ser direcionada para novidades de mercado, novas oportunidades e novas necessidades de consumo. Todas essas diferenciam um amador de um profissional, aquele que mais se destaca é o que sai na frente dos demais.

Caso você seja uma pessoa que tenha percepção daquilo que faz a diferença no momento, ou seja, perceba que algo é inovador ou atende as necessidades de um determinado público alvo. Fique atento, mesmo sendo uma visão como consumidor, você com certeza possui essa característica e pode aproveitar esse dom para desenvolver um perfil empreendedor.

Seja ousado, veja com que frequência essa percepção ocorre contigo e aproveite para estudar se realmente sua visão foi o que previu. Assim você pode elaborar um histórico se sua percepção foi bem-sucedida, se aquele determinado produto ou serviço se tornou um bem de consumo.

Se positivo, quantas vezes você acertou? Dessa forma utilize esse dom para, quem sabe, elaborar uma estratégia de iniciar o seu próprio negócio. Basta investir em seu instinto e seguir o que o seu coração manda, os negócios iniciam com uma visão de mercado e essa característica aqui citada é o ponto chave de tudo.

5 – São muitas vezes pessoas inquietas, nunca estão satisfeitas com o que tem e por isso buscam sempre melhorar.

Ser inquieto não significa ser impaciente, apenas não conseguem ficar parados vendo o tempo passar sem fazer nada. Inclusive a paciência é o equilíbrio que controla a sua inquietude, paciência para esperar o momento certo ou para estudar a situação e não se antecipar em suas decisões.

A virtude de querer sempre buscar a perfeição, fazer sempre o melhor e está sempre achando que ainda pode melhorar um pouco mais aquilo que está desenvolvendo, produto ou serviço, é o diferencial que vai garantir o seu sucesso.

Nunca se acomodar com o que tem é justamente está à frente dos concorrentes, ter sempre um plano B para colocar em prática quando precisar inovar para voltar ao mercado com mais força.

Um empreendedor com essa característica está preparado para surpreender o mercado com algo diferente e criativo, quem sabe com algo novo e surpreendente que venha atrair o consumidor mais exigente.

Você pode está agora pensando, será que eu sou inquieto e não estou satisfeito com nada?

Não confunda ansioso com ser inquieto. Uma pessoa ansiosa não controla sua paciência e concentração, agora, uma pessoa inquieta pode não ser ansiosa e por isso pode saber fazer duas coisas ao mesmo tempo e ganhar com isso.

Se você é daquele que não sabe ficar parado e está sempre buscando novidades, ótimo, busque novos rumos para alcançar o seu tão sonhado sucesso.

6 – Possuem o poder de persuasão, sabem como serem aceitos e conseguem muitos seguidores.

Quando um empreendedor possui o poder de persuasão, consegue utilizar recursos emocionais ou simbólicos para induzir alguém a aceitar uma ideia. Dessa forma é mais fácil atrair seguidores e formar uma equipe que venha trabalhar em prol de um projeto ou negócio.

Ser persuasivo não é para todos, poucas pessoas possuem esse dom ou adquirem com estudos e muita dedicação. Mas o fato é que, se você consegue induzir uma pessoa para aceitar uma ideia, então utilize essa capacidade para atrair seguidores e juntos investirem em uma oportunidade de negócio.

Você pode estar perdendo a chance de liderar uma equipe, use sua autoestima e simpatia para atrair pessoas positivas que possam te ajudar a crescer.

Um bom empreendedor sabe conversar e demonstrar suas ideias para outros, sabe atrair investidores e idealizadores que somam muito no momento de iniciar em um negócio ou trabalhar alguma estratégia de crescimento.

Saber transmitir suas ideias de maneira natural e não agressiva é essencial, ajuda a espelhar uma imagem positiva de sua pessoa, nunca force sua aceitação em um grupo seja sábio o bastante para gerenciar esse processo.

7 – São criativos, desenvolvem meios para atingirem seus objetivos ou desenvolver algo inovador.

Quem já ouviu falar que a criatividade é dádiva de Deus?

Sim, se é uma dádiva de Deus é então uma benção o ser humano ser criativo. Quando temos a facilidade de criar e desenvolver meios para resolver um problema ou inventar algo novo, então, podemos também empreender.

Porque não? Você deve estar pensando que empreender é para poucos, mas está absolutamente errado, empreender é para quem quer e basta colocar em prática. Digo isso porque todos nascem com o perfil empreendedor, mas, como citei em outras publicações, esse dom se perde no decorrer do processo de nossa educação, educados a ser empregados e dependentes de um sistema.

Você agora mesmo pode estar se julgando. Eu não nasci com essa característica, não sou nada criativo. Nunca criei nada e se depender disso nunca serei um empreendedor de sucesso.

Fato, você pode se ver assim, mas lembre-se que tudo é uma questão de vontade de mudar, de saber onde a pedra está machucando no seu sapato e principalmente de reconhecer que você pode tudo.

Se você, depois de analisar sua vida até o momento descobrir que em alguma situação foi criativo, você então pode tentar se tornar um empreendedor e desenvolver esse lado criativo para os negócios.

Estude mais sobre empreendedorismo, busque ficar sempre perto de pessoas empreendedoras, perca o medo do desconhecido e acredite que tudo pode mudar para melhor.

 

8 – Estão atrás de resultados, sempre procuram traçar metas e planejar suas investidas.

Você já se viu em algum momento da sua vida buscando resultado, seja no seu emprego, negócio ou vida pessoal? Creio que sim, porque se você respondeu “não” tem algo muito errado contigo.

Então, correr atrás de resultados é o que nos mantém ativos e motivados, agora, planejar e traçar uma meta para isso é o diferencial de um empreendedor. Um empreendedor sempre mede seus passos e procura usar isso ao seu favor e sucesso, sabe a hora certa de investir e de recuar, se necessário.

Com certeza você se está buscando crescer, profissionalmente ou no mundo dos negócios, pensa assim:

– Eu tenho que fazer o possível e o impossível para vencer, eu consigo.

Se é esse o seu pensamento, o seu perfil para o mundo dos negócios já traz com ele um diferencial importante, você é um “guerreiro”. Identificar essa característica em você irá ajudar e muito a sua autoestima e sua capacidade de saber para onde vai e seguir uma direção.

9 – Não se entregam ao fracasso, sabem que fracassar é o caminho do sucesso.

Insistir até conseguir, mesmo fracassando inúmeras vezes.

Esse é o segredo para vencer, usar os fracassos como experiência e aprendizado. Essa característica que quase todos os empreendedores possuem é a chave para facilitar a caminhada e fortalecer a conquista de seus objetivos.

Nunca duvide da capacidade de uma pessoa que persiste até atingir o topo, ela é forte e não se entrega a críticas negativas e destrutivas, a sua vontade e atitude é mais forte que isso. Vencer é o seu lema e fracassos são etapas de um longo treinamento, ela sabe que faz parte do processo.

Se você se acha uma pessoa teimosa, que insiste no que faz sem olhar para o lado, pare e olhe se essa personalidade sua é sadia, se seus atos de teimosia são positivos para você e se somam e ajudam nas suas conquistas. Se sua resposta for sim, você pode ter essa característica de empreendedor, não se entregar ao fracasso.

As vezes um empreendedor é mal interpretado, quando não atingiu ainda o sucesso, porque as pessoas só enxergam o resultado final e não lembram do que se passou para chegar ao topo. Fato é que quando se atinge o topo todos dizem “para você foi fácil”, não sabendo que para chegar ali teve que “sangrar”.

Então valorize essa característica, reconheça sua capacidade e faça o que deve ser feito.

10 – Costumam não se arrepender daquilo que tentaram fazer e não deu certo, mas possuem medo do arrependimento por não ter tentado.

A maior frustração para um empreendedor com certeza é o arrependimento de não ter feito, de não ter tentado algum desafio. É muito comum uma pessoa empreendedora, no final de algum resultado, dizer “faria tudo novamente sem me arrepender”.

Isso é ser focado naquilo que faz, saber o que está fazendo e o preço que tem que pagar para se atingir o sucesso, mesmo se fracassou. Se fracassou, pelo menos tentou e soma como experiência, só não pode parar e desistir.

A grande maioria das pessoas preferem deixar de fazer e não arriscar, para não se arrepender. E no final da vida tendem a se justificar que não tentaram porque não ia dar certo.

Ué, como pode saber se não vai dar certo se não tentar?

Então fica o aviso, mas vale tentar fazer algo diferente na vida do que se arrepender mais tarde por não ter feito.

O tempo não volta e oportunidades perdidas podem não retornar.

Você é uma pessoa que insiste até conquistar o que deseja, sem se arrepender por tentar?

Se a resposta for sim, então você tem um perfil empreendedor.

Conclusão:

A conclusão desse post deixo para você.

Não gostaria de interferir no seu ponto de vista sobre sua pessoa, isso é de sua responsabilidade e só você pode tomar a decisão, ser ou não empreendedor.

Mas creio que a mensagem foi passada e se você finalizou a leitura é porque gostou do assunto e se sentiu curioso para saber se possui alguma característica de um empreendedor.

Então, conclua a partir de agora o que compreendeu, o que concordou e se consegui te ajudar em seu crescimento pessoal. Afinal, o objetivo é deixar o caminho mais claro para você, para que possa tomar decisões em sua vida no mundo do empreendedorismo.

Boa conclusão e sucesso.

Marcos Paiva

Escrito por Fernando Mentor

Como empreendedor consegui transformar adversidades em conquistas, e quero ajudar você também torna-se um empreendedor de sucesso!

7 posts